Pense Leve por Jéssica Mazzochi

Nutricionista, apaixonada por alimentação saudável e adepta à filosofia de cultivar bons hábitos se aventurando pela gastronomia com comida de verdade. Retrata conteúdos para melhorar sua alimentação e saúde no cotidiano.

Editoria
Pense Leve

Articulistas: Pense Leve por Jéssica Mazzochi

Periodização de dietas: o que é?

No treinamento esportivo, os fisiologistas e os preparadores físicos de atletas de alto rendimento já usam há décadas algo chamado de “periodização” nos treinamentos. Em resumo, é um planejamento minucioso da rotina e tipos de treinos, para melhora do desempenho esportivo. Isso também chegou à área da Nutrição, que se refere à estratégia utilizada dependendo do tipo e intensidade do treinamento, além de levar em consideração o objetivo do atleta.

Uma das estratégias de periodização nutricional com grande destaque é o método training low, que se refere a uma dieta com baixa disponibilidade ou ingestão de carboidratos durante o período de treinamento. Muitos profissionais da área esportiva têm prescrito esse tipo de dieta para estimular adaptações do treinamento, proporcionando uma melhora de rendimento, com consequente redução de gordura corporal e melhora da oxidação (queima) de gordura.

Outra estratégia, oposta ao anterior, é o “training high”, que se refere ao treinamento com alta disponibilidade de carboidratos. Esse método visa a que o atleta entre no treinamento com os estoques musculares e hepáticos cheios de glicogênio. O consumo adequado e regular de alimentos fontes de carboidrato se faz necessário. O carboidrato é o substrato mais eficaz para manter a qualidade do exercício, especialmente os de longa duração, além de reduzir os sintomas da fadiga.

Essa estratégia já saiu da linha de alta performance e chegou aos treinos de desportistas, de pessoas que praticam um esporte por lazer, conciliando a outras atividades como musculação e outros.

Com fins de ter uma dieta mais personalizada e melhora das suas valências como força, explosão ou também melhoras morfológicas da estrutura corporal como hipertrofia (aumento de massa magra) e redução de gordura corporal, a periodização pode ser feita em indivíduos que treinam mas não são atletas para otimizar os resultados conforme a variação de atividades.

comentários

    Seja o primeiro a comentar!

notícias relacionadas

15/04/2018 De Cor & Salto Alto Negligência social e ambiental como insight criativo
A marca de vestuário gaúcha Doralice, dos empresários Eduardo Bavaresco e Eluíza Thomas, conectada…
02/04/2018 Pense Leve Eu estou sempre com fome!
Você se identificou com esse título? E também é aquela pessoa que costuma…
02/04/2018 De Cor & Salto Alto Preview do Inverno 2018 do shopping Golden Center
O Golden Center Shopping Atacadista, um dos maiores shoppings de atacado da região sul do Brasil, localizado…
02/04/2018 Eventos Imersão enogastronômica pelo Novo Mundo
Nesta sexta-feira, dia 6 de abril, a partir das 20h, a Boccati realiza mais um de seus Circuitos Enogastronômicos,…